Cardenal fala de amor e perda

Al perderte yo a ti

Ernesto Cardenal /Nicarágua

Al perderte yo a ti tú y yo hemos perdido:
yo porque tú eras lo que yo más amaba
y tú porque yo era el que te amaba más.
Pero de nosotros dos tú pierdes más que yo:
porque yo podré amar a otras como te amaba a ti
pero a ti no te amarán como te amaba yo.

Ao perder-te eu a ti

Ao perder-te eu a ti, tu e eu muito perdemos:
eu, porque tu eras o que eu mais amava
e tu, porque eu era o que te amava mais.
Mas, entre nós dois, tu perdes mais que eu:
porque eu poderei amar a outras como amava a ti
porém a ti não te amarão como te amava eu.

Versão: Cleto de Assis

Uma resposta para “Cardenal fala de amor e perda

  1. Lindo esse poema.Procurei por ele por mais de vinte anos, desde que o vi pela primeira vez. Gracias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s