Poesia, a parnacéia*


* Parnacéia— de Parnasòs (monte da Grécia onde se encontrava a morada de Apolo e das Musas, depois também passou a significar academia ou reunião de poetas, coletânea de poemas) e céia, do grego ákos, remédio. Neologismo criado no laboratório do Banco da Poesia, semelhante a panacéia, remédio que cura todas as doenças. (C. de A.)

5 Respostas para “Poesia, a parnacéia*

  1. Cleto o publicitário de
    remédios para o cérebro

  2. Marilda Confortin

    Mas ficou muito boa essa imagem, Cleto… posso usá-la no artigo sobre a Bula do Poetrix ?
    Você é muito bom! Eita banco porreta esse!

  3. Marilda. neste Banco os saques são livres. E você tem bastante crédito por aqui. Portanto, saqueie à vontade!

    Cleto

  4. Caro Cleto,
    Também achei super esta imagem que criaste. Atrevo-me a copiá-la e vou por lá no meu blog. Abraços!!!

    Flávio O. Ferreira

    p.s.: em momento oportuno te envio uns depósitos para o BANCO DE POESIAS.

  5. Flávio:

    Como o remédio manipulado pelo laboratório do Banco da Poesia nãp tem contraindicação, use como quiser. Só peço para não modificar a fórmula gráfica, senão teremos efeitos colaterais…

    E aguardamos seus depósitos. Vi seu blog Misantropia. Parabéns!

    Cleto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s