Renascimento de Deborah

Depois de alguns meses de confesso exílio criativo, Deborah O’Lins de Barros, a-moça-deitada-na-grama,  envia, lá de Itajaí, mais um miniconto. Bem vindo seu novo depósito, Deborah!

Era uma vez


…e o mal venceu. O braço direito do vilão perguntou:
– oh, líder, como viveremos agora?
Foram felizes para sempre.

Deborah O’Lins de Barros
07/02/2010

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s