Departamento de Crônicas

O Banco da Poesia se aproxima de seu aniversário. Acenderemos a primeira velinha no próximo dia 12 de março, com muitos motivos para festejar. E, como em qualquer organização, de verdade ou metafórica, o tempo e a experiência nos levam a transformações e, sempre que possível, a apriomoramentos. Por isso, nosso Banco ganhou mais um departamento, dedicado à postagem de Crônicas, esse gênero literário que relaciona-se com a memória e o tempo, a memória de episódios gravados no tempo.

Abrimos o Departamento de Crônicas com um texto da poeta Vera Lúcia Kalahari, de Angola. Ou, de vez em quando, de Portugal. (Leia mais aqui)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s