Nobel de Literatura 2009

Herta_Muller

Herta Müller nasceu em Niţchidorf, filha de agricultores da Suábia. Ela estudou Literatura alemã e romênia na Universidade de Timişoara. Sua família era parte da minoria alemã da Romênia e sua mãe foi deportada para um campo de trabalho na União Soviética, depois da Segunda Guerra Mundial.  Em 1976, Müller começou a trabalhar como tradutora para uma empresa de engenharia, mas foi demitida em 1979 por sua recusa em cooperar com a Securitate, polícia secreta do regime comunista de Nicolae Ceauşescu. Inicialmente, ela ganhava a vida como professora de um jardim de infância e com aulas particulares de alemão. Seu primeiro livro foi publicado na Romênia (em alemão) em 1982, e apareceu apenas em uma versão censurada, como ocorria com a maioria das publicações da época.

Em 1987, Müller foi para a Alemanha com o marido, o escritor Richard Wagner. Nos anos seguintes, ela atuou como lente em universidades da Alemanha e do exterior. Vive atualmente em Berlim. Müller foi recebida pela Academia Alemã de Literatura e Poesia, em 1995, e ganhou outros seguidos galardões. Em 1997, ela retirou-se do Pen Club da Alemanha, em protesto contra a fusão com a sua antiga filial da República Democrática Alemã.

Em julho de 2008, Müller enviou uma carta aberta à crítica Horia-Roman Patapievici, presidente do Instituto Cultural Romeno, em protesto ao apoio dado pela entidade a uma escola de verão romeno-alemã, que envolvia dois ex-informantes da Securitate.

A Fundação Nobel atribuiu o Prêmio Nobel da Literatura para Müller, “que, com a concentração da poesia e a franqueza da prosa, retrata a paisagem dos despossuídos”.

OCompromissoA escritora é praticamente desconhecida na língua portuguesa. Seu único livro publicado no Brasil é Heute wär ich mir lieber nicht begegnet, traduzido em inglês como The Appointment e aqui como O compromisso (Editora Globo, tradução Lya Luft). Este título ganhou o European Literature Prize. Em Portugal, foi publicado A Terra das Ameixas Verdes, pela editora Difel, e a editora Cotovia anuncia que colocará à venda, nos próximos dias, O Homem é um Grande Faisão sobre a Terra.

Bibliografia

(Os títulos foram vertidos livremente, uma vez que a maioria ainda não foi traduzida para o Português)

  • Niederungen, contos, versão censurada publicado em Bucareste, 1982.  Versão sem censura publicada na Alemanha, 1984. Publicado em Inglês como Nadirs (Nadires), em 1999.
  • Drückender Tango (Tango Opressivo), contos, Bucareste, 1984.
  • Der Mensch ist ein großer Fasan auf der Welt (O Homem é um enorme Faisão sobre o Mundo), Berlin 1986. Publicado em Inglês como The Passport, 1989.Publicado em Portugal como O Homem é um Grande Faisão sobre a Terra.
  • Barfüßiger Februar (Barefoot February, Fevereiro Descalço), Berlim, 1987
  • Reisende auf einem Bein (Viajando sobre uma Perna), Berlim 1989. Publicado em Inglês como Traveling on one Leg, 1992.
  • Wie Wahrnehmung sich erfindet (How Perception Invents Itself, Como a Percepção Inventa a si Mesma), 1990.
  • Der Teufel sitzt im Spiegel (The Devil is Sitting in the Mirror, O Diabo está sentado no Espelho), Berlin, 1991.
  • Der Fuchs war damals schon der Jäger (Even Back Then, the Fox Was the Hunter, A Raposa que Outrora foi o Caçador), Hamburgo, 1992.
  • Eine warme Kartoffel ist ein warmes Bett (A Warm Potato Is a Warm Bed, Uma Batata Quente é uma Cama Quente)), Hamburgo, 1992.
  • Der Wächter nimmt seinen Kamm (The Guard Takes His Comb, O Guarda Toma seu Pente), Hamburgo, 1993.
  • Angekommen wie nicht da (Arrived As If Not There, Chegar como Não Aqui), Lichtenfels, 1994.
  • Herztier (Coração Animal), Hamburgo, 1994. Publicado em Inglês como The Land of Green Plums, Nova Iorque, 1996. Editado em Portugal como A Terra das Ameixas Verdes.
  • Hunger und Seide (Hunger and Silk, Fome e Seda), ensaios, Hamburgo, 1995.
  • In der Falle (In a Trap, Em uma Armadilha), Göttingen, 1996.
  • Heute wär ich mir lieber nicht begegnet (Hoje, eu prefiro não me encontrar), Hamburgo, 1997. Publicado em Inglês como The Appointment; publicado em Português como  O Compromisso, Nova Iorque/Londres, 2001.
  • Der fremde Blick oder das Leben ist ein Furz in der Laterne (The Foreign View, or Life Is a Fart in a Lantern, A Visão Estrangeira ou a Vida é um Peido em uma Lanterna), Göttingen, 1999.
  • Im Haarknoten wohnt eine Dame (A Lady Lives in the Hair Knot, Em uma cabeleira mora uma dama), poesia, Hamburgo, 2000.
  • Heimat ist das, was gesprochen wird (Home Is What Is Spoken There, O lar é o que é falado ali), Blieskastel, 2001.
  • Der König verneigt sich und tötet (“The King Bows and Kills, O rei se Inclina e Mata), ensaios, Munique (e outros locais), 2003.
  • Die blassen Herren mit den Mokkatassen (The Pale Gentlemen with their Espresso Cups, O Homem Pálido com suas Xícaras de Café), Munique (e outros locais), 2005.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s