Marilda envia seu cadastro

Bem vinda ao nosso estabelecimento, Marilda. Obrigado pelos dados da biografia poética e pelo depósito em moeda estrangeira.

marildatri

Eu sou só uma mulher que sofre de poesia crônica

eu sou só uma mulher que sofre de poesia

eu sou só uma mulher que sofre

eu sou só uma mulher

eu sou só uma

eu sou só

eu sou

eu

.

Cosas de mujer

Ilustração: montagem sobre desenho de Modigliani

midigliani

Tu dijiste que venías.

Fui a la tienda
a comprar flores, vino.
No, no trabajé.
Hice dulces,
buñuelos de lluvia,
pan, el pelo, uñas…

Tu dijiste que venías.

Encendi incienso, di brillo al suelo
Cambié las sábanas de la cama
Toallas, jabones,
Abri las ventanas…

Tu dijiste que venías.

Vestí  ropa dominguera
Sandalias nuevas,
medias finas,
espiritu navideño,
día de cumpleaños,
de final Brasil y Argentina…

Tu dijiste que venías.

Y yo dormí en la sala,
descubierta,
esperándote.

Yo dormí mi vida toda,
encubierta,
esperándote.

Marilda Confortin

http://iscapoetica.blogspot.com/

Uma resposta para “Marilda envia seu cadastro

  1. Pingback: Apelo de Marilda Confortin: PROCURA-SE « Banco da Poesia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s